Opções de Anestesia Para o Parto – O que Toda Gestante Deve Saber


Olá meninas, tudo bem?

Toda mulher que está prestes a dar a luz tem alguns receios e dúvidas o que é natural principalmente a mamãe de primeira viagem.

 Mulher grávida

Hoje vamos abordar sobre os tipos de anestesias que podem ser usadas na hora do parto.

Quando se trata de usar anestesia no parto, a maioria das mulheres se enquadra em uma das três categorias:

– Aquelas que têm certeza de que vão querer o alívio da dor.

– Aquelas que não têm certeza de suas opções de alívio da dor, e como elas afetarão o seu trabalho de parto.

– Aquelas que preferem dar à luz sem dor.

Não importa em qual categoria você se encaixa o importante para você é saber como anestesia são utilizadas em trabalho de parto. Mesmo se você cair na última categoria lembre-se, você pode mudar de ideia! Para cada mulher, o parto é uma experiência única e pessoal, e no caso de dois ou mais partos, um nunca será igual ao outro, por isso é importante manter suas opções em aberto. Toda mulher deve estar preparada para a possibilidade de precisar de um anestésico.

Anestesia obstétrica é diferente de qualquer outro tipo de anestesia, pois existem dois pacientes envolvidos, você e seu bebê.

Outro fator a ser considerado é que o trabalho de parto é imprevisível. Ele pode variar de relativamente rápido e fácil a doloroso e desgastante. Um ponto importante a lembrar, é que toda mulher, reage a dor de forma diferente. Só você vai saber o nível de dor que você está enfrentando, e você nunca deve se sentir culpada por pedir alívio da dor.

 Trabalho de parto.

Anestésicos Obstétricos Comumente Usados

Existem várias formas diferentes de administrar durante o parto. Os anestésicos podem ser utilizados de forma independente ou em conjunto com o outro.

Anestesia local:

Infiltração local – é uma série de injeções local com anestésicos que podem te deixar mais confortável para o parto e para uma possível sutura, se for preciso.

Sedação:

Tranquilizantes – administrado como uma injeção ou por via intravenosa, que pode ajudar a reduzir a dor do parto, mas não vai eliminar a dor inteiramente. Eles são também utilizados para aliviar a ansiedade que às vezes acompanha o processo de trabalho de parto.

Anestesia Regional:

Administrado como injeções de anestésico local para amortecer a sua área vaginal, em preparação para o parto.

Epidural:

Uma epidural é um anestésico local, administrado através de um pequeno tubo chamado cateter colocado nas costas, do lado de fora do canal espinhal. Uma vantagem da peridural é que esse tipo de anestésico permite que a maioria das mulheres participe plenamente na experiência do nascimento (ela continua a sentir o toque e pressão), enquanto alivia a maioria, se não todas, as dores do parto. Na maioria dos casos, o anestesista começa a epidural quando há dilatação cervical de quatro a cinco centímetros. Sob certas circunstâncias, pode ser desejável colocar a epidural antes de começar as contrações mais fortes.

Anestesia Epidural

Raquidiana:

Este anestésico é semelhante a uma epidural, porém é administrado com uma agulha no interior do canal medular, os seus efeitos são sentidos muito mais rápido. Você precisará de ajuda se precisar mover a pena, pois se perde o controle dos movimentos das pernas impossibilitando que você as movimente. Esse tipo de anestésico é usado no caso de um parto por Cesária.

Anestesia geral:

A anestesia geral é administrada por via intravenosa. Uma anestesia geral pode ser necessária se surgirem complicações durante o parto. Anestésicos gerais podem ser administrados rapidamente, por isso eles são considerados a melhor escolha quando o tempo é essencial, além disso, a anestesia geral permite que o útero relaxe totalmente no caso do obstetra considerar necessário.

O que o seu anestesista precisa saber.

Consulta com anestesista.

Para que o seu anestesista possa determinar qual tipo de anestesia é melhor para você e seu bebê, ele irá precisar de algumas informações como:

– Ingestão de alimentos e bebidas nas últimas horas.

– Histórico sobre alguma dificuldade em respirar após a anestesia.

– Histórico de problemas nas costas.

– A história familiar de febres altas.

– Qualquer tipo de problemas respiratórios, como asma, bronquite, pneumonia, ou se você tem um resfriado, dor de garganta ou gripe.

– Preocupações médicas especiais, tais como doença cardíaca, diabetes, asma, e de outras condições médicas.

Se você é uma mulher com alguma dessas condições, é muito importante que você se consulte com um anestesista antes de entrar em trabalho de parto. Com certeza você será orientada pelo seu obstetra sobre todas essas coisas, somente ele pode te avaliar e juntamente com o obstetra chegarem à conclusão se é necessário e sobre a anestesia ideal na hora do seu parto. Fique tranquila, pois os dois trabalham juntos no momento em que seu bebê estiver nascendo.

O importante é você estar tranquila e aproveitar ao máximo essa experiência única e inesquecível na vida de toda mulher.

 Parto feliz

Esse espaço foi feito para você, compartilhe com nossas leitoras suas experiências, escreva na área de comentários abaixo.

Gostaria de saber mais a respeito de algum assunto, envie uma mensagem pra nós.

Beijos e Até Mais!

 

 

 

 

Tags:, , , , , ,

Categorias: Gestante / Pós Parto

Autor:centercintas

Blog Center Cintas, aqui você encontra informações, notícias, dicas de saúde e cuidados estéticos e uso das Cintas Modeladoras Yoga. Matérias inéditas e detalhadas que você vai curtir e compartilhar com seus amigos.

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como Amenizar Alguns Desconfortos que Possam Surgir na Gestação. | Blog Center Cintas - Cintas Modeladoras - 31 de janeiro de 2014

    […] em nosso Blog,  Substâncias que Requerem Cuidados Especiais na Gestação e Outros Cuidados, Opções de Anestesia nos Partos – O que Toda Gestante Deve Saber e Dez Dicas para o Sucesso na […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: